Em solenidade adaptada, CBMMG forma alunos do CAS e do CEFS nesta manhã

Início / Notícias Criado em: 02-09-2020 às 14h:04

Há alguns meses o mundo vem aprendendo a adaptar as rotinas. As comemorações que antes contavam com amigos e parentes, agora estão restritas a representantes, em função da pandemia do coronavírus.

Mas nada disso tirou o brilho daqueles que concluíram mais um ciclo de aprendizado e capacitação pelo Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais (CBMMG). Nesta manhã (7), a Academia de Bombeiros Militar (ABM), realizou pela primeira vez, uma formatura de conclusão de curso adaptada à nova realidade mundial.

Nesta solenidade conjunta e simbólica, o CBMMG demonstrou seu esforço para registrar a vitória dos alunos dos Cursos de Aperfeiçoamento de Sargentos (CAS 2020) e de Formação Especial de Sargentos (CEFS 2020) presencialmente representados pelos primeiros colocados nos respectivos cursos, bem como pelas bombeiros femininos e do quadro de saúde, os quais retratam a diversidade dos formandos.

Os melhores colocados do Curso de Aperfeiçoamento de Sargentos e do Curso Especial de Formação de Sargentos de 2020, foram respectivamente o Sargento Wesley Sanches Leite Corrêa e o Cabo Glauber Miguel Gonçalves, este que se graduou hoje como Terceiro Sargento. Ambos os cursos tiveram início no mês de fevereiro e, portanto, se dispuseram na maior parte do seu desenvolvimento, a atender aos padrões recomendados de distanciamento social, valendo-se das novas tecnologias para sua execução.

Tecnologia esta que favoreceu a transmissão da solenidade aos demais formandos e familiares que assistiram o evento simbólico através das mídias sociais. Estiveram presentes na simbólica solenidade, o Comandante-Geral do Corpo de Bombeiros, Coronel Edgard Estevo da Silva, o Chefe do Estado-Maior, Coronel Erlon Dias do Nascimento Botelho, o Comandante da ABM, Coronel Lucioney Rômulo da Costa, o Subcomandante, Tenente-Coronel Alessandro Fábio Daldegan, o Chefe da Divisão de Ensino, Major Carlos Alberto Alves, além de outros representantes da Corporação. Apesar de breve, o momento solene não deixou de ser emocionante para os que chegaram ao final de mais um desafio.

Os representantes do CAS 2020 e do CEFS receberam homenagens e felicitações que se estenderam aos demais colegas que, em razão das restrições sanitárias não puderam se reunir. Também houve uma palavra de gratidão aos entes queridos que, de certa forma, fizeram parte da conquista, e que não puderam abraçar seus queridos e fazer uma foto neste momento. Nas palavras do Cel Estevo, “a corporação reconhece em seus talentos humanos sua maior riqueza. Por isso, acreditamos que qualificar nossa tropa, mais do que uma obrigação legal é o principal fundamento de uma organização que se compromete com a excelência na prestação dos seus serviços.” finalizou o Comandante dos bombeiros.

"Progredir na carreira é o sonho de todo profissional, no militarismo não é diferente. Se tornar Sargento é um sonho que se realiza. E assim como nas demais graduações, pelas quais passei, que eu possa cumprir minha função com louvor, com a ajuda de Deus e de meus irmãos de farda, porque até aqui o Senhor me ajudou". Palavras da récem formada, Sargento Hélia Pascoal.