Bombeiro de Minas conquista 1º lugar em Curso de Incêndio na Bahia

Início / Notícias Criado em: 09-11-2023 às 14h:38

O Curso Instrutor de Operações em Incêndio (III CIOI – 2023), promovido pelo Corpo de Bombeiros Militar da Bahia (CBMBA) iniciou no dia dois de outubro e encerrou no dia 27 do mesmo mês. O curso foi realizado no Instituto Militar de Ensino Superior de Bombeiros (Imesb), na cidade de Simões Filho / BA, região metropolitana de Salvador.

A capacitação com 200 horas-aula forma instrutores de diversas corporações bombeiros militares da federação na área específica de incêndio urbano. Tendo como pré-requisito para sua realização ser especialista na área de combate a incêndio urbano Curso de Operações em Incêndio (COI) ou equivalente.

Os militares são submetidos a aulas práticas e teóricas na área de combate a incêndio, além de técnicas de didáticas, postura e pesquisas, tendo como objetivo lapidar o profissional e formar multiplicadores de conhecimento na área do ensino em diversos cursos da matéria de combate a incêndio urbano.

O curso reuniu 12 militares como discentes, dentre eles, militares dos Corpos de Bombeiros dos estados de Goiás, Minas Gerais e Bahia. Sendo que Minas Gerais enviou dois militares para a realização do curso:O subtenente Flávio Cirilo Cardoso Faustino, lotado no Batalhão de Operações Aéreas, destacado na cidade de Varginha e o sargento Wellington Mariano de Oliveira, lotado no 8º Pel/1ºCia/8ºBBM (Iturama).

O destaque ficou por conta do sgt Wellington do CBMMG que conseguiu terminar o curso em 1º lugar do III CIOI – 2023, trazendo grande prestígio para a corporação mineira.

Os dois novos instrutores do CBMMG poderão ministrar aulas no estado de Minas Gerais em diversos cursos de formação e especialização, além de trazer novos conhecimentos científicos, teóricos e práticos, atualizando diversas técnicas já utilizadas na corporação melhorando assim, o atendimento a população mineira.

Para o Sgt Mariano, a capacitação foi importante para ampliar os conhecimentos sobre o assunto: “Foi um curso bastante intenso, tanto na área teórica/prática quanto de pesquisa. Éramos levados ao extremo para não apenas saber executar como também ensinar de forma clara os discentes no curso que também eram nossos instrutores da matéria. Fazíamos parte das pesquisas realizadas pelo Corpo de Bombeiros Militar do Estado da Bahia, para desenvolver novas técnicas de combate a incêndio urbano. A distância da família foi a parte mais difícil, más valeu a pena uma vez que obtivemos uma grande carga de conhecimentos e novas técnicas que ajudarão nos diversos atendimentos de ocorrências de combate a incêndios urbanos.”