Alerta Verde! CBMMG lança campanha de prevenção de incêndios em lotes vagos

Início / Notícias Criado em: 11-03-2021 às 12h:27

Mais de 41% das ocorrências de incêndio em vegetação são em lotes vagos

Os incêndios em vegetação estão entre as ocorrências mais atendidas pelo Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais (CBMMG). Mais de 41% das ocorrências de incêndio em vegetação são em lotes vagos. De um universo de 20.741 ocorrências em todo o estado, no ano de 2020, foram registrados 8.601 incêndios em lotes desocupados, seguido de 4.726 em área urbana não protegida e 3.240 focos em área rural.

Incêndios em lotes vagos são de longe os mais atendidos pela corporação, estatística que levou o CBMMG a planejar uma grande campanha preventiva que foi lançada nesta semana em todo o estado. A Operação Alerta Verde surge em caráter de disseminação da cultura de prevenção, com o fim de conscientizar e mobilizar a população mineira a ser mais colaborativa em ações que podem reduzir e evitar os incêndios em lotes vazios.

Boa parte dos incêndios em lotes vagos podem perfeitamente ser evitados, mas é necessário um esforço e envolvimento maior por parte das comunidades, no sentido de apoiar a fiscalização e denunciar práticas irregulares. A população mineira pode ser a maior aliada do Corpo de Bombeiros neste esforço de reduzir os incêndios e primar pela segurança dos moradores e qualidade do ar que respiramos.

Mas a ação não se resume apenas na propagação de ações preventivas. O CBMMG traçou uma estratégia diferente, com base no plano de enfrentamento ao período de estiagem. A antecipação do pico de ocorrências de vistorias em lotes do mês de junho, onde já existe grande incidência de incêndios, para o mês de março, aumentará efetivamente o potencial de vistorias já realizadas pelas unidades operacionais, diminuindo, por sua vez, a quantidade de possíveis focos no período mais crítico.

Além disso, a corporação busca um estreitamento da comunicação com as prefeituras para reforçar tanto as fiscalizações e a identificação de incendiários, bem como a devida punição.

 Importante mencionar ainda as capacitações como a realizada em fevereiro deste ano com militares do Curso de Formação de Soldados (CFSd) e os simulados de incêndio florestal do  Pelotão de Combate a Incêndios Florestais (PCIF), em São João Del Rei e no Parque Estadual Serra do Rola Moça, com o intuito de nivelar o conhecimento e promover a habilitação para os combates no período de estiagem.

Ações essas que corroboram com a intenção e compromisso do Corpo de Bombeiros Militar de ampliar a atuação nos incêndios florestais de forma integrada em todo o estado, elevando a segurança das comunidades, desafiando a população a ser parte integrante neste processo, no qual todos nós somos responsáveis.  

No interior do estado

A 2ª Companhia Independente de Bombeiros deu início a Operação Alerta Verde e como medida preventiva, os bombeiros visitam os locais considerados vulneráveis e que apresentam grande área de vegetação e lotes vagos orientando, repassando folhetos, dicas e medidas preventivas para evitar esse tipo de ocorrência.

Na área de atuação do 3° Comando Operacional de Bombeiros (3ºCOB), que envolve o 4º Batalhão  em Juiz de Fora e a 2ª Companhia Independente em Barbacena, no ano de 2020, no período de abril a setembro, foram registradas 1.744 ocorrências de incêndio em vegetação, sendo que metade delas (51%) foram tipificadas como incêndios em lotes vagos, verificando-se então a necessidade de ações pontuais e principalmente as ações de cunho preventivo que são  reforçadas ainda no período chuvoso (Fevereiro e  Março).

Segundo o capitão Ricardo Cunha, comandante da Companhia Operacional; " é muito importante esse trabalho realizado pela Corporação, pois evitamos a ocorrência de incêndios e orientamos os moradores das medidas preventivas que deverão adotar, tais como limpeza do lote, construção de aceiros e evitar o uso de queimadas, que podem fugir do controle, causando sérios prejuízos", pontuou o militar.

Para o tenente Daniel Guimarães, comandante do Pelotão de São João Del Rei, “a ação que passa a ser diária, é considerada importante, e a sociedade é nossa parceira neste trabalho”, explicou. 

Operação Alerta Verde em algumas regiões do estado

Guaxupé

         

 

Frutal

         

Juiz de Fora

       

 

Iturama

          

Barbacena

         

São Sebastião do Paraíso

        

Varginha e região